Por que preciso estar com a bexiga cheia para fazer ultrassom?

Estar com a bexiga cheia para realizar o exame de ultrassom é um preparo importante na ultrassonografia do abdome, aparelho urinário e ultrassonografia pélvica transabdominal. É solicitado que o paciente esteja com a bexiga cheia para que se obtenha melhores imagens.

Isto porque o transdutor emite e capta ondas sonoras ao entrar em contato com o corpo. Como o ultrassom não se propaga no ar, a bexiga precisa estar bem cheia para que as ondas de ultrassom sejam refletidas. A qualidade na formação da imagem depende da quantidade de ondas que são refletidas ou não ao entrarem em contato com as estruturas do corpo examinado.

Em alguns exames, dependendo do órgão que precisa ser examinado, é importante que a bexiga esteja cheia para deslocar as alças intestinais e atuar como uma janela para a transmissão das ondas ultra sônicas, facilitando a visualização e avaliação da área a ser examinada.

O exame de ultrassom é seguro, não invasivo, sem contra-indicações e praticamente qualquer pessoa pode se submeter a ele. Trata-se de um recurso importante no diagnóstico de diversas doenças e para acompanhar tratamentos.

A Embryus é especializada em Ultrassonografia, clique aqui para saber mais sobre os exames realizados na clínica.

× Como podemos te ajudar?